domingo, 12 de fevereiro de 2017

Lancome Teint Miracle VS Lancome Teint Idole VS Revlon Colorstay


No post de hoje vou deixar os cabelos de lado e abordarei um tema particular da maquilhagem: a base!
Tenho três bases de maquilhagem em casa: Lancôme Teint Miracle; Lancôme Teint Idole Ultra 24h; e Revlon Colorstay Combination/Oily. E por isso gostava de te falar um pouco sobre as diferenças que encontrei entre as três, prós e contras dos ingredientes, cobertura, durabilidade, efeito na pele oleosa, etc...

Gostaria de começar por salientar que as questões sobre os ingredientes e os seus impactos na saúde humana não são tão lineares como parecem. Os riscos que estes apresentam podem depender de vários factores, tais como: a percentagem que apresentam na fórmula (e infelizmente, quase nunca é apresentada na lista); a mistura entre outros ingredientes pode ou não também ser influenciável para enaltecer ou anular os riscos para a saúde humana; como é que são compostos os ingredientes; e em que tipo de produto é usado, etc.
Antes de escrever este post fiz inúmeras pesquisas, inclusive em artigos científicos, para poder expor com clareza a informação sobre os possíveis riscos dos ingredientes contidos nas bases.

Experimentei as três bases e tirei fotos com a câmara do Samsung Galaxy S7 em qualidade Ultra HD 4K. Também tirei fotos com e sem flash para veres a diferença das tonalidades.
Vou igualmente fazer uma comparação lado-a-lado de fotos com e sem base para que sejam mais visíveis as diferenças.

Lancôme Teint Miracle:
O que promete: 
A base Lancôme Teint Miracle maximiza a luz natural da pele, além de aumentar a luminosidade da sua superfície. A luz não é somente reflectida na superfície da pele, também é reemitida de maneira natural desde o seu interior.
Toda pele possui uma luminosidade interior natural. Essa luz dá às mulheres um certo "je ne sais quois", que torna a sua pele naturalmente mais bonita.
Após constatar esse fato, os Laboratórios Lancôme decidiram estudar a Aura Luminosa.
O complexo Aura-Inside™ foi desenvolvido e incorporado à revolucionária base Teint Miracle.
As bases de maquilhagem tradicional tendem a obstruir a luz natural da pele.
Esta base oferece uma cobertura suave/média, protecção SPF15 e tem uma durabilidade de 12h.

A verdade: 
O que realmente me encanta nesta base é o brilho, a suavidade e uniformidade que dá à pele! Fica altamente radiante com um aspecto fulminante quase inexplicável.
Esta base não é matte finish mas também não deixa a pele oleosa. Não confundir brilho com oleosidade.
A durabilidade é boa para uma base que não é matte finish e ainda por cima para quem tem uma pele oleosa/mista, que é o meu caso. Como é de esperar, ao final do dia a pele começa a ficar oleosa na zona do nariz.
Tem uma fragrância suave e agradável e, apesar de prometerem apenas uma cobertura suave/média considero que a Teint Miracle tem uma cobertura acima do expectável.
Vou deixar o resto ao teu critério:
Sem base do lado esquerdo, com a base Teint Miracle do lado direito

Foto com a base Teint Miracle tirada sem flash do lado esquerdo, foto com a base Teint Miracle tirada com flash do lado direito

Nota: O tom usado foi o 13.

Ingredientes:
Active Ingredients: Octinoxate 3.0%, Cosmetic Ingredients: Water, Cyclopentasiloxane, Alcohol Denat., Phenyl Trimethicone, Glycerin, Peg-10 Dimethicone, Bis-peg/ppg-14/14 Dimethicone, Peg/ppg/polybutylene Glycol-8/5/3 Glycerin, Rosa Gallica Flower Extract, Talc, Dimethicone, Dimethicone/polyglycerin-3, Crosspolymer, Methicone, Alumina, Aluminum Hydroxide, Magnesium Sulfate, Disodium Stearoyl Glutamate, Ethylhexyl Hydroxystearate, Tocopheryl Acetate, May Contain: Red 28 Lake, Red 7, Mica, Titanium Dioxide, Blue 1 Lake, Bismuth Oxychloride, Iron Oxides.

Efeitos positivos e negativos de alguns ingredientes:
Nota: Vou citar aqui os efeitos positivos e negativos de alguns ingredientes, mas não quero que te assustes com tudo o que lês de negativo, porque a indústria da cosmética é mesmo assim. Qualquer produto que usamos, desde cremes, desodorizantes, perfumes, maquilhagem, loções, protectores solares, entre outros produtos, possuem sempre ingredientes com efeitos negativos. Tens é que saber escolher aqueles que causam menos danos e que os danos não sejam altamente prejudiciais!

Como ingrediente activo, a Teint Miracle usa maioritariamente o Octinoxate numa percentagem de 3%. Este ingrediente absorve os raios UVB oferecendo assim alguma protecção solar. Este é um dos ingredientes mais usados nos protectores solares, no entanto, foram realizados estudos que comprovam que este ingrediente pode ter um impacto negativo no sistema endócrino que é vital para manter o equilíbrio hormonal intacto. Octinoxate pode também desregular a função da tiróide. Ler mais aqui neste artigo.
O Alcohol denat. ajuda a transportar os restantes ingredientes para a pele e a diluir os óleos, no entanto costuma ser conhecido por desidratar a pele, mas pode ou não causar esse efeito dependente dos restantes ingredientes que o produto possui.
Talc (pó talco) ajuda a espalhar os pigmentos presentes na base e absorve a oleosidade, contudo se o talco contiver amianto pode ser cancerígeno. (Ler mais aqui neste artigo). Não foi possível descobrir se o talco existente na base Teint Miracle está livre de amianto.
Silicones como Phenyl TrimethiconePeg-10 Dimethicone e Methicone podem entupir os poros e dificultar a transpiração e a eliminação de toxinas pela pele.
O Titanium Dioxide em cremes e protectores solares não apresenta riscos à saúde humana, mas quando usado em pós pode ser cancerígeno devido à inalação, segundo alguns estudos realizados (ler mais aqui neste artigo).

O que me preocupa: Nesta base Teint Miracle preocupa-me especialmente o facto de conter ainda uma boa percentagem de Octinoxate que é o ingrediente que contém mais efeitos secundários para a saúde humana. Em alternativa ao Octinoxate, a base Teint Miracle devia usar apenas o Titanium Dioxide ou o Zinc Oxide que são ingredientes que também oferecem protecção solar mas sem riscos para a saúde.
Outro ingrediente, que apesar de estar na 10ª posição da lista, poderia ser bem dispensável seria o talco.
Quanto ao entupimento dos poros, infelizmente qualquer base faz isso, até mesmo os cremes hidratantes entopem os poros. Por isso deve-se sempre desmaquilhar assim que se chega a casa, fazer uma limpeza facial, e esfoliação de vez em quando.


Lancôme Teint Idole Ultra 24h:
O que promete: 
A base Lancôme Teint Idole Ultra 24h é oil-free, com protecção solar SPF 15 e com até 24h de duração. Oferece uma cobertura média/alta deixando um look natural com acabamento mate.
Esta base nada espessa nem gordurosa, proporciona a todos os tons de pele uma cobertura perfeita.
Formulada com pigmentos Soft Color Keeper TM, ajuda a manter os níveis de pH da pele intactos para que a coloração permaneça durante todo o dia, o que significa uma cobertura livre de retoque e resistência à transferência. Além disso, possui perlita e silíca absorvendo a oleosidade para um desgaste sem brilho.

A verdade:
Sabes aquele produto que desejarias adorar com toda a força porque toda a gente o adora, experimentas vezes sem conta e dizes sempre "é desta que vais resultar comigo, you son of a b****!", mas a verdade é que no final nunca resulta! Pois é, é esta a minha relação com a base Lancôme Teint Idole Ultra, infelizmente!
Qualquer vídeo, site, blog, review que vejo é sempre a falar maravilhas desta base! Que é matte, que dura o dia todo, que não deixa a pele oleosa, bla bla bla... Mas comigo não é nada disso que acontece!!!
A Teint Idole proclama que deixa a pele matte... para mim deixa a pele tipo vaselina! I don't get it!
Acho que já foi há quase 1 ano que comprei esta base, mas ainda acredito que estamos num processo de nos habituarmos uma à outra... ainda estou à espera do dia em que me deixe a pele matte.. a sério!
Quando a comprei acho que já era quase Verão, e foi horrível! Transpirava imenso, sempre a limpar a oleosidade no nariz, não podia vestir blusas brancas que ficavam logo castanhas...abraçar as pessoas? Nem pensar! Ficavam logo com a cara manchada! Se pousasse a mão na minha cara, a mão ficava castanha e oleosa também... enfim, mesmo terrível!
Até pensei para mim mesma "se calhar é uma base só de climas muito frios, ahhh é por isso que as Youtubers de NY, Canada e UK dão boas reviews!". Então arrumei a base lá para um canto e prometi-lhe que a voltava a usar no Inverno. E assim foi, cheguei ao Inverno e voltei a tentar... bem, até que melhorou ligeiramente, mas passado poucas horas lá estava a zona T super oleosa. Então decidi comprar um primer da Kiko que dizem ser muito bom... mas nada aconteceu, a cake face continuava lá... Depois comprei um primer do The Body Shop e lá a coisa melhorou mais um bocado (este primer do Body Shop é amazing com outras bases!).
Mas o meu amor com a Teint Idole ainda está muito longe de se tornar realidade... We're working on that.
Nem tudo é mau claro, e o que mais me apaixonou nesta base foi a uniformidade e suavidade que dá à pele, parece quase pele de bebé! Considero a cobertura apenas média. Depois de aplicar a base, a pele fica bastante leve, nem parece quase que se está a usar base.
A fragrância é muito agradável e desaparece depois da aplicação.
A durabilidade de 24h na minha pele está longe de ser verdade!
Nesta base comprei o tom 14, é um tom mais escuro que o que tenho na base Lancôme Teint Miracle e na Revlon Colorstay e talvez dificulte um pouco a comparação entre as três.

Sem base do lado esquerdo, com a base Teint Idole Ultra do lado direito

Foto com a base Teint Idole Ultra tirada sem flash do lado esquerdo, foto com a base Teint Idole Ultra tirada com flash do lado direito

Nota: O tom usado foi o 14.

Ingredientes:
Active Ingredients: Octinoxate 2.9970%. Inactive Ingredients: Water, Cyclohexasiloxane, Nylon-12, Isododecane, Alcohol Denat., Cyclopentasiloxane, Peg-10 Dimethicone, Cetyl Peg/ppg-10/1 Dimethicone, Peg-20, Hdi/trimethylol Hexyllactone Crosspolymer, Glycerin, Silica, Alumina, Aluminum Hydroxide, Magnesium Sulfate, Disodium Stearoyl Glutamate, Disteardimonium Hectorite, Polyglyceryl-4 Isostearate, Acrylates Copolymer, Tocopherol, Methylparaben, Phenoxyethanol, Butylparaben. May Contain: Titanium Dioxide; Iron Oxides.

Pelo que percebi pelo site oficial da Lancôme, as bases mais claras têm uma lista de ingredientes um pouco diferente das bases mais escuras. A composição da lista acima corresponde às bases mais escuras.

Efeitos positivos e negativos de alguns ingredientes:
Como já foi referido mais acima, o Octinoxate oferece protecção solar mas pode ter um impacto negativo na saúde humana, particularmente no sistema endócrino e na função da tiróide. O Alcohol denat apesar de ajudar a diluir os óleos, pode causar desidratação à pele dependendo dos restantes ingredientes usados no produto.
Os ingredientes como Methylparaben Butylparaben são conservantes, mas podem ser cancerígenos e ligados à formação de tumores. Como são usados em pequenas quantidades não se tornam relevantes para o impacto na saúde humana (No entanto, se usares vários cosméticos que possuem estes ingredientes já se pode tornar num risco..).
Alguns silicones como por exemplo o Peg-10 Dimethicone, podem entupir os poros e dificultar a transpiração e a eliminação de toxinas pela pele.
O Titanium Dioxide em cremes e protectores solares não apresenta riscos à saúde humana, mas quando usado em pós pode ser cancerígeno devido à inalação, segundo alguns estudos realizados (ler mais aqui neste artigo).

Revlon Colorstay Combination/Oily:
O que promete:
A base Revlon Colorstay Combination/Oily é leve e deixa uma sensação confortável. É especialmente designada para a pele mista/oleosa, atribuindo-lhe um look natural sem brilho. Tem uma cobertura média/alta, protecção solar SPF 15 e dura até 24h.

A verdade: 
Adoro, adoroo e adorooo esta base!
Foi a primeira base que comecei a usar, já a uso desde 2011, e talvez seja uma das melhores que já usei... não diria a melhor porque também adoro o efeito que a Lancôme Teint Miracle dá à minha pele, todo aquele glow com um look natural é quase incansável por outras bases... Mas também não posso comparar as duas porque têm características muito diferentes, a Revlon Colorstay é designada para peles oleosas prometendo oferecer um efeito matte, portanto nunca poderia esperar brilho neste tipo de base.
E a Revlon realmente não mente quando diz que combate a oleosidade durante 24h! Quando uso esta base, a maquilhagem fica perfeita TODO O DIA! I'm not lying, people! Nem um pouco de oleosidade na zona T... váa excepto no Verão se estiver num daqueles dias mesmo quentes talvez esperes um bocado de oleosidade na zona do nariz.
Eu sei que isto pode parecer um bocado assustador, porque é suposto nós transpirarmos para liberarmos as toxinas... maaass eu odeio ter a pele oleosa quando uso makeup, especialmente na zona do nariz. Não é suposto a pele ficar oleosa quando nos maquilhamos senão a maquilhagem sai e transfere facilmente.
Não conseguirmos transpirar naturalmente é um dos efeitos negativos que a maquilhagem causa na nossa saúde, e é algo que temos que lidar se quisermos usar makeup. É claro que para podermos compensar este aspecto devemos tratar ainda mais da nossa pele do que se não usassemos maquilhagem.
Na minha pele a Revlon Colorstay proporciona uma cobertura média.
Outro ponto positivo é o facto de não transferir com tanta facilidade para a roupa ou para os dedos quando tocamos.
Já tinha feito uma review desta base em 2013 (podes ler aqui), porém a fórmula mudou... pessoalmente até prefiro o efeito que esta nova fórmula deixa na minha pele. O tom ficou mais parecido com o meu tom de pele, tem um tom mais "quente" que o antigo. Por vezes quando tirava fotos com flash com a base da antiga fórmula, a zona da testa ficava um bocado acinzentada e pouco natural. Com a nova Revlon isso já não acontece, dá um look mais natural... Às vezes as pessoas até me perguntam se estou ou não a usar base porque fica muito natural mesmo!
Outro aspecto positivo nesta nova fórmula é o facto de já vir com um aplicador pump e o cheiro já é mais agradável que o da antiga fórmula, mas é muito suave e quase imperceptível.
Esta base não me causa qualquer tipo de irritação nem acne, pelo contrário, a minha pele mantém-se sempre muito macia. No entanto, já ouvi relatos de ter causado certas irritações e vermelhidão em algumas pessoas.
Do lado negativo, diria que tem uma textura um pouco mais espessa e dá aspecto um bocado mais "pesado" comparativamente às bases da Lancôme, talvez por conter silicones em maior percentagem... Não é que eu sinta a cara coberta de makeup, nem ao final do dia sinto isso, acho que é muito confortável até, mas a primeira vez que experimentei a base Lancôme Teint Idole Ultra senti diferenças, a cara ficou muito mais "leve", nem parecia de todo que estava a usar base!

Sem base do lado esquerdo, com a base Revlon Colorstay Combo/Oily do lado direito

Foto com a base Revlon Colorstay Combo/Oily tirada sem flash do lado esquerdo, foto com a base Revlon Colorstay Combo/Oily tirada com flash do lado direito

Nota: O tom usado foi o Cappuccino

Ingredientes:


Efeitos positivos e negativos de alguns ingredientes:
Como ingredientes activos, a Revlon Colortsay usa o Titanium Dioxide e o Zinc Oxide que protegem contra os raios UV, normalmente encontrados também nos cremes protectores solares. O Titanium Dioxide em cremes e protectores solares não apresenta riscos à saúde humana, mas quando usado em pós pode ser cancerígeno devido à inalação, segundo alguns estudos realizados (ler mais aqui neste artigo).
Cyclopentasiloxane é um silicone usado como condicionador, lubrificante e solvente, ajudando a manter a hidratação na pele, bloqueando a perda de água. Quando usado na pele dá uma sensação macia e "escorregadia" ao toque, age como uma barreira protectora na pele, ajudando a disfarçar certas linhas ou rugas. Facilita o transporte de outros silicones mais pesados para a pele, ex.: Dimethicone. Não apresenta nenhum impacto negativo à saúde humana, mas pode apresentar para o meio ambiente. O facto de haver uma maior percentagem de Cyclopentasiloxane do que água nos ingredientes pode ser um pouco preocupante, porque dado que é um silicone e ajuda o transporte de silicones mais pesados para a pele pode levar ao entupimento dos poros, dificultando a eliminação de toxinas.
O Ethylhexyl Palmitate é um derivado do óleo de palma normalmente usado como substituição orgânica do silicone para ajustar a consistência do produto, porém pode causar alguma irritação ou alergias.
Alcohol denat apesar de ajudar a diluir os óleos e ser usado em pouca percentagem nesta base, pode causar desidratação à pele dependendo dos restantes ingredientes usados no produto.
Salicylic acid é um ingrediente geralmente usado nos tratamentos faciais para combate ao acne, contudo pode estar associado ao aumento da sensibilidade aos raios solares e a alguma irritação.

Curiosidade: Em 2014, a Revlon eliminou químicos tóxicos dos seus cosméticos, ler mais aqui neste artigo.


Comparação final entre as 3 bases:

Do lado esquerdo: Lancôme Teint Miracle... No meio: Lancôme Teint Idole Ultra... Do lado direito: Revlon Colorstay Combo/Oily

O aspecto mais positivo da Lancôme Teint Miracle é o brilho natural que dá, realçando as zonas da cara com maior luminosidade. Além disso proporciona suavidade e uniformidade à pele.
Por outro lado, a durabilidade é boa mas não é tão boa como a Revlon Colorstay e outro aspecto negativo é os ingredientes que inclui que não são de todo muito agradáveis. Por isso uso mais esta base quando tenho alguma saída, ou evento, ou pretendo tirar fotos (considero que seja a base que fica melhor nas fotos ou vídeos devido ao brilho dourado que dá à pele!).
Quanto à Lancôme Teint Idole Ultra 24h, considero como aspectos mais positivos o facto de ser super leve, quase não sinto que estou a usar base, deixa a aparência de pele de bebé, ficando macia e muito uniforme. No entanto, entre as três bases é aquela que me deixa a pele mais oleosa, não a considero de todo matte e tem a menor durabilidade! Além disso, poderia ver-se livre do Octinoxate na sua lista de ingredientes.
A Revlon Colorstay Combination/Oily, apesar de também não achar a sua lista de ingredientes um encanto, é a base que uso com mais frequência. Deixa a pele suave, macia, uniforme, com um look natural, matte sem oleosidade, não transfere, não me causa irritações nem acne e dura o dia todo.
Todas as bases oferecem uma protecção solar SPF 15. Mas esta protecção é insuficiente para o dia todo, por isso aconselho a usar outro protector solar em conjunto.

Onde comprar e Preços:

  • As bases da Lancôme podem ser encontradas em sites como a Lookfantastic ou a FeelUnique ou em lojas como a Douglas ou Sephora e podem custar entre 36€ a 60€.
  • A base Revlon Colorstay pode ser encontrada no eBay ou nestes pontos de venda em Lisboa ou no Porto e pode custar entre 13€ a 25€.








Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial

0 comentários:

Enviar um comentário