domingo, 14 de abril de 2013

Desfriso o cabelo... Estou a renegar as minhas origens?


Desde os meus 10/11 anos que tenho o cabelo desfrisado. Quando tinha 8 ou 9 anos pedi à minha mãe que me desfrisasse, contudo ela nunca quis fazê-lo, dizia que eu ainda era muito nova para ter o cabelo liso e que isso são 'coisas' para raparigas crescidas lol... porém, passado pouco fez-me a vontade. Burra eu, podia ter esperado mais alguns anos, pelo menos até aprender como tratar de um cabelo quimicamente alterado.
Nessa altura era raro ver alguém com o cabelo afro ou eram poucas as africanas que não desfrisavam e é claro que eu fiquei tentada a experimentar e além disso também queria ver um novo visual em mim.

Os anos passaram, e consigo observar agora que ter o cabelo afro voltou 'à moda'... E o que tenho notado muito, principalmente no site Hairlista, em que as raparigas postam informações sobre a sua transição de cabelo desfrisado para natural, e descrevem como principal motivo da transição o facto que não podemos renegar as nossas origens. Bem, aí eu parei e pensei "Será que estou a renegar as minhas origens?!" e nem bastaram 2 segundos para chegar à conclusão que... "Não, não estou! Obviamente que não!".
É tão errado pensar que toda a gente que desfrisa está a renegar as suas origens e não quer ter que lidar com o seu cabelo africano, em que muitos chamam "cabelo ruim"! Podem existir pessoas que sejam assim, mas nem todos são!

Há cerca de há dois ou três anos para cá que tem existido uma 'guerra' entre Naturals e Relaxers... Totalmente impressionante!
As Naturals, basicamente, querem 'obrigar' todas as Relaxers a deixar o seu cabelo permanecer natural..."Continuas com o cabelo desfrisado porque queres ser branca?!..Tens medo que as pessoas digam que o teu cabelo é ruim?!...Ah os desfrisantes prejudicam o cabelo e a saúde!...etc", isto são tudo frases e questões que tenho lido ultimamente.
Começando pelo último ponto, posso dizer que os desfrisantes foram inventados para aí desde 1800, os primeiros desfrisantes a serem comercializados foram por volta dos inícios de 1900...É verdade que estes contêm químicos perigosos e sabe-se que podem causar alguns efeitos nas nossas células. Contudo, milhares de mulheres desde então, desfrisam o cabelo várias vezes por ano, ainda não ouvi nenhuma história em que tenha prejudicado gravemente a saúde de alguém. Sim, também já vi quem tenha ficado sem cabelo, com queimaduras graves no couro cabeludo, mas isso são outras histórias, as pessoas têm que saber desfrisar e a partir do momento em que desfrisam têm que saber cuidar de um cabelo quimicamente modificado! Não é igual a um cabelo natural, a atenção necessária é diferente!
Se o teu cabelo é ruim ou não és tu que defines. Eu posso dizer assim: "Acho que o meu cabelo é ruim porque é extremamente difícil de pentear.", é o que eu sinto dele, fui eu que decidi, mais ninguém pode julgar o tipo de cabelo que tenho porque mais ninguém lida com ele. Volto a dizer, é extremamente errado as pessoas em geral dizerem que o cabelo africano é ruim! Pode parecer ruim aos olhos de quem vê, mas só quem o possui é que pode dizer se realmente é! Digo isto, porque geralmente quem define se um cabelo africano é "ruim" ou não são as pessoas que nem sequer o têm! Devem ter tido contacto com ele uma vez em que experimentaram tocar e sentiram uma sensação de algodão e desde então generalizam. O cabelo africano não é todo igual!
Ninguém se quer tornar caucasiano por desfrisar um cabelo, digo eu! Um cabelo liso não é só uma característica dos caucasianos.
Não é errado alguém dizer que acha o cabelo liso mais bonito que o encaracolado...também há pessoas que preferem o cabelo loiro ao castanho...e daí?! Quererão pertencer aos países nórdicos europeus?! I don't think so.


Eu desfriso, principalmente, por duas razões: adoro mudar de penteados e com o cabelo desfrisado isso é mais fácil. Posso obter um 'look' parecido ao natural quando quero e posso esticá-lo mais facilmente quando me farto de ter caracóis.
Segunda razão, não tenho o tempo que precisaria para cuidar do meu cabelo natural. O cabelo natural exige o dobro da paciência, teria que hidratar constantemente para não ficar seco e pentear é algo que demoraria imenso tempo porque o cabelo é mais espesso. Seria complicado fazer rabos-de-cavalo, e é algo que costumo fazer muito quando não me sobra tempo para fazer outros penteados...

Só quero concluir com isto tudo que não recrimino quem tenha o cabelo natural. Aliás, acho lindo, lindo, LINDO um cabelo afro. Sou fascinada! Gostava de experimentar ter o meu cabelo totalmente natural por uns tempos se não desse muito trabalho e se o processo para obtê-lo fosse mais fácil lol.
No entanto, fico deveras triste quando encontro estas 'guerras' entre Naturals e Relaxers. Cada um sabe de si, cada um tem os seus motivos para ter o cabelo da forma que tem!
É importante não argumentar antes de conhecer todos os factos e causas ;)



P.S. Tens o cabelo desfrisado e queres obter um 'look' parecido ao natural? Clica aqui.
Não sabes como desfrisar o teu cabelo? Clica aqui.
Queres saber qual o tipo de cabelo natural que tens? Clica aqui.


Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial

10 comentários:

  1. Oláa querida, antes de mais, obrigada e parabéns pelo excelente blog, que é bastante informativo e motivador! Eu também estou num regime para manter o cabelo saudável e comprido e também para quebrar o mito de "cabelo desfrizado não cresce!".
    Anyways, vou deixar-te aqui uns links de youtuber's que também estão no tal regime (:
    http://www.youtube.com/user/prettywitty77?feature=watch
    http://www.youtube.com/user/JamaicanAngelz1?feature=g-high-rec

    xo e continua o ótimo trabalho! Fallmint.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. I think this is among the most significant information for me.
    And i'm glad reading your article. But should remark on few general things, The site style is perfect, the articles is really nice : D. Good job, cheers

    Here is my web page; Adidas Jeremy Scott

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelo post, da outra vez esta foi a discussão entre mim e mais duas amigas, duas recém naturais e eu, com o cabelo desfrisado.
    Gostei muito, realmente sou da tua opinião não por ter cabelo desfrisado, mas porque realmente acredito na teoria de que cada uma sabe o que faz com o seu cabelo, e não é por usá-lo natural que estou a renegar as minhas origens.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Bastante reflexivo o texto.
    A pessoa deve fazer o que se sente bem, defrizagem de cabelo não muda gene de ninguém.

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pelo blog e muito obrigada pelas informações valiosas. Concordo com tudo o que disseste relativamente ao desfrisar ou não o cabelo, cada um sabe de si e acima de tudo temos que nos sentir bem. Mas na minha opinião o problema nem é renegar as origens, mas sim o facto de a maioria de nós, mulheres africanas pensarmos que a única opção é desfrisar o cabelo ou fazer extensões. No meu caso, eu nunca quis desfrisar, sempre gostei do meu cabelo e graças a Deus a minha mãe não se lembrou de me desfrisar o cabelo quando era mais nova, mas cheguei aos 18 anos e senti que não tinha outra opção senão desfrisar o cabelo e acabei por fazê-lo com muita pena minha, principalmente porque sabia que nunca mais ia ver o meu adorado cabelo natural. Quase 10 anos depois voltei a usar o cabelo natural, muito por influência das minhas primas e estou apaixonada pelo meu cabelo outra vez. Mas não foi uma decisão fácil, até porque em Portugal ainda não é algo comum, na maior parte dos locais que trabalhei ter cabelo natural seria uma coisa estranha e tinha medo de não ser tão bem aceite, por outro lado, sou muito preguiçosa e desleixada e este cabelo dá muito trabalho lol, mas até agora tem valido a pena. Isto tudo para dizer, que sou muito a favor do cabelo natural, mas acima de tudo acho que o mais importante é sabermos que temos opção, que as crianças não tem que desfrisar o cabelo aos 10 ou 12 anos, mas sim quando forem adultas o suficiente para tomarem uma decisão consciente e responsável e acima de tudo que as faça feliz.

    ResponderEliminar
  6. Olá, já desfrisei o meu cabelo muitas vezes , no mês passado fiz o desfriso e ficou na mesma , o que poderá estará acontecer ao meu cabelo ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, pode ser de vários factores não sei, o cabelo podia estar coberto com cremes ou óleos e o desfriso não "pegou" ou aquele desfrisante pode não resultar bem no teu cabelo e ser muito fraco, etc. Beijinhos

      Eliminar
  7. Ola. Gosto bastante deste site principalmente das dicas para se ter um cabelo saudável! Contudo foi extremamente interessante ler este post porque ha dias o meu primo falou disto mesmo. Mas dizendo que desfilizar o cabelo era um complexo de interioridade pois vivemos num mundo onde os africanos foram habituados desde de pequenos (aqueles que nasceram ca e nao so) a verem na televisão um modelo de mulher ou princesa com cabelo liso e não encaracolado ou crespo. Dai a inconsciente e quase automática escolha de desfilizarmos o cabelo... É uma forma de nos enquadrarmos na sociedade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, não concordo com essa teoria. Eu, por exemplo, tenho o cabelo desfrisado mas raramente o uso liso. Maior parte das vezes estou com caracóis ou com o cabelo apanhado. Tenho desfrisado para o tornar mais maleável!

      Eliminar
  8. Ja agra chamo me Arelene. Nem eu concordei mas quis dizer te obque o meu primo disso por ter dito a mesma coisa a uns dias depois eu ter lido o teu post. Eu ja tive o cabelo desfilizado e também não o fiz por me sentir inferior . Apenas quis mudar um pouco de visual e foi o que lhe expliquei mas cada um com a sua opinião 😊. Gostei do post assim como do blog tenho me ajudado muito.

    ResponderEliminar