quinta-feira, 20 de julho de 2017

20 Melhores produtos para o cabelo 4C


O cabelo tipo 4C é provavelmente o tipo de cabelo que mais sente dificuldades a aceitar um produto. Como sei que há muitas pessoas que enfrentam todos os dias o desafio de tentarem hidratar o seu 4C decidi fazer este post com os melhores produtos que encontrei para este tipo de cabelo. Não deixando de lado os cabelos 4B, estes produtos também resultam para este tipo claro!

Não sei porquê tenho reparado que as pessoas com cabelos naturais tipo 4B e 4C tendem a gostar mais de produtos espessos que sejam compostos por manteigas ou "ceras" e não acham muita piada a cremes com grandes percentagens de glicerina com a excepção de um ou outro (talvez por a glicerina tornar o produto mais aquoso).
Mas claro, apesar de haver semelhanças nos cabelos 4C, todos eles são diferentes e os produtos que vou aqui listar são os que geralmente funcionam neste tipo de cabelo.

Se o teu cabelo NÃO é do tipo 4B ou 4C, mas sentes muitas dificuldades em hidratá-lo, talvez estes produtos sejam a solução para ti porque são mesmo MUITO hidratantes!


Camille Rose Almond Jai Twisting Butter
Não há review que veja que não mencione este produto da Camille Rose para o cabelo 4C! Parece que toda a gente com o 4C ama este produto! Nunca experimentei, nem tenho o cabelo natural nem o cabelo 4C mas adoraria experimentar em alguém com 4C como fiz com o Taliah Waajid no cabelo da minha prima só para ver o efeito.
Isto deve ser algum tipo de produto milagroso porque é mesmo muito falado, a sério! Pesquisa por ti próprio(a) e vais ver que em qualquer site, qualquer Blog, qualquer vídeo (até de pequenas Youtubers) toda a gente fala maravilhas deste creme!
As pessoas dizem que este creme simplesmente transforma o cabelo seco num cabelo super hidratado, que funciona bem quando há muita humidade do ar, hidrata durante vários dias e que é ótimo para fazer Twist Outs/Braid Outs/etc. Também dizem que não é preciso aplicar muito, basta só um bocadinho para fazer logo o efeito.
A consistência do produto parece-se exatamente como uma manteiga e tem água, cetearyl alcohol*, leite de amêndoas, óleo de amêndoas, óleo de abóbora, óleo de sésamo e óleo de jojoba como primeiros ingredientes.
* (Para quem desconhece o cetearyl alcohol, é um tipo de álcool gordo que proporciona hidratação ao cabelo)


TGIN Honey Miracle Hair Mask
Tal como a Camille Rose esta máscara é algum tipo de milagre nos cabelos 4C! TODA a gente parece amar esta máscara da TGIN! Pesquisa tu próprio(a) e lê as reviews, não estou a brincar!!
Por exemplo, na Amazon existem 217 comentários e só há 10 comentários negativos, quer dizer que 207 pessoas adoraram! Não li os 200 e tal comentários positivos, mas os primeiros que li eram só de pessoas com o cabelo 4C... Além dos vários vídeos espalhados no Youtube com reviews super positivas sobre este produto...
Principais ingredientes: água, mel, azeite de oliva, óleo de jojoba, sumo de aloe vera, etc...


TGIN Butter Cream Daily Moisturizer
Outro produto da TGIN que não te vai deixar desiludido(a) é este creme! Tem reviews bastante positivas em todo o lado. Além do creme o leave-in é igualmente bom!!


MY Honey Child Type 4 Hair Creme
É um creme com uma consistência espessa como uma manteiga, e tem como primeiros ingredientes: óleo de soja, azeite de oliva, mel, óleo de coco, óleo de sésamo e óleo de girassol.
É também muito amado por quem tem o cabelo 4C, dizem que hidrata logo, logo o cabelo seco deixando-o mais maleável e macio. Além disso combate o frizz e segura bem os penteados.


True Intense Treatment Masque
É uma máscara também espessa que parece resultar muito bem nos cabelos 4C. Não é muito popular, mas até agora tem tido ótimas reviews.
Contém água, cetyl alcohol, cera emulsificante, cloreto de cetrimonium*, óleo de sementes de manga, manteiga de karité, óleo de abacate, óleo de coco, azeite de oliva, vitamina E, sumo de aloe vera, queratina e mel nos ingredientes. (Os ingredientes foram listados por ordem de percentagem).

*(O Cloreto de Cetrimonium é usado para prevenir a acumulação de sujidade no cabelo, o crescimento microorganismos, e para possibilitar a mistura da água com outros ingredientes mais gordurosos/oleosos.)


Elasta QP Olive Oil & Mango Butter
Há uns 7 anos atrás este creme era muitíssimo popular!! Agora parece que ficou no esquecimento porque começaram a surgir outras marcas, mas este produto é amaziiing!! Se gostas de cremes espessos este é definitivamente para ti, é mesmo muito espesso! Quem experimenta não costuma ficar desiludido.
Os seus principais ingredientes são: água, azeite de oliva, manteiga de manga, manteiga de cacau, óleo de coco, vitamina E e óleo de abacate.


Cantu Argan Oil Leave-in Conditioner
Já experimentaste o Cantu Shea Butter leave-in e então e este já deste uma chance?
Normalmente quase todas as pessoas costumam gostar mais desta versão de Argan Oil e parece que também é uma maravilha no cabelo 4C!... Dá-lhe uma oportunidade.
Os principais ingredientes deste leave-in são: água, óleo de canola, glicerina, manteiga de karité, óleo de argan, extractos de várias plantas, etc.


African Pride Shea Butter Miracle Moisture Intense Leave-In
A African Pride é uma marca que passa muito despercebida, mas tem produtos com preços bem acessíveis e que resulta às mil maravilhas com a maioria das pessoas. O que tenho notado é que há pessoas que amam esta marca e outras odeiam, não há assim um meio termo.
Mas existem mesmo muitas pessoas que amam este leave-in, principalmente pessoas com o cabelo tipo 4C!
Os seus principais ingredientes são: água, manteiga de karité, azeite de oliva, óleo de argan, óleo de soja, óleo de coco, manteiga de manga, extractos de alecrim, extractos de aloe vera, etc...


African Pride Argan Miracle Moisture & Shine Deep Conditioning Masque
Uma colega minha da faculdade que também costuma acompanhar o meu Blog, aconselhou-me esta máscara e depois eu aconselhei a outra amiga minha e ela amou (elas têm o cabelo natural, uma delas é 4B e outra salvo erro é 4A)!
É uma linha recente da African Pride, não existem muitas reviews por aí, mas da maneira como a máscara é tão hidratante acho que não há como não funcionar no 4C! Inclusive a minha amiga (que é 4B) disse que nunca usou uma máscara assim, o cabelo dela nunca ficou tão macio e com tantos caracóis!
O meu cabelo como não é tão seco eu achei-a demasiado gordurosa e hidratante, por isso tenho muita fé que seja a ideal para um 4C.


Taliah Waajid Curly Curl Cream e Taliah Waajid Curl Sealer
Quem costuma acompanhar o meu Blog conhece de certeza esta marca. Usei o Curly Curl Cream no cabelo da minha prima há uns anos atrás (ela tem o cabelo 4C) e imediatamente ativou-lhe logo os caracóis (coils). É surpreendente os poderes que estes dois produtos têm em ativar qualquer tipo de caracóis!
Os dois produtos são muito parecidos em termos de efeitos, mas um é mais creme e outro tem uma consistência mais parecida com um gel que é o Sealer. No entanto, segundo as reviews funcionam os dois de forma muito idêntica. O creme é mais popular, foi logo aquele que se ouviu falar depois acho que surgiu o Sealer. Há pessoas que não gostam do creme e preferem o Sealer, como também o contrário.
Mas uma coisa é certa, apesar de na embalagem dizer para usar o Sealer depois do Curly Curl Cream, ninguém recomenda fazer isto! Dizem que os dois juntos não funcionam bem!! Por isso já sabes, ou usas um ou usas outro.
Apesar do Sealer ter uma consistência parecida com um gel não é propriamente um gel!


Shea Moisture Yucca & Plantain Anti-Breakage Strengthening Masque
Por incrível que pareça esta é das melhores máscaras da Shea Moisture para o cabelo 4C! Não fazia ideia, mas pelo que tenho andado a pesquisar é realmente muito boa! Dizem que deixa o cabelo muito hidratado e macio.
Principais ingredientes: óleo de coco, glicerina, manteiga de karité, óleo de abacate, manteiga de manga, azeite de oliva, óleo de jojoba, vitamina E, proteína de arroz, extractos da raiz de Yucca Brevifolia, extractos de Plantain, sumo de aloe vera, etc...
Além desta máscara da Shea Moisture, as pessoas com o cabelo 4C também parecem gostar muito da Shea Moisture Super Fruit Complex 10-in-1 Renewal System Hair Masque e da Shea Moisture Manuka Honey & Mafura Oil Intensive Hydration Masque.


Shea Moisture Hold and Shine Moisture Mist
Este produto é muito menosprezado principalmente por quem tem o cabelo crespo...automaticamente pensam logo que isto é apenas "água" que não vai fazer nada e que qualquer creme pode fazer o que isto faz! Mas não tem nada a ver!! É muito bom, especialmente para o day-after... se o teu cabelo costuma ficar seco, frisado, sem brilho e com pouca definição (mesmo que seja a definição de um twist out), se usares um pouco deste spray vai ficar muitoooo macio, brilhante, hidratado e mais importante de tudo, absolutamente, sem frizz!
Usar um mist ao invés de um creme tem imensas vantagens... imagina que fazes um Twist Out ou Braid Out e no dia a seguir já não fica tão bem, mas se puseres creme vai estragar a definição porque vais estar a mexer com as mãos...então usa um mist! Tem é que ser um bom mist que é o caso deste da Shea Moisture! Outros sprays que também têm muito boas reviews são: Taliah Waajid Protective Mist Bodifier e o Cantu Shea Butter Comeback Curl.
Vê aqui esta review. Além dessa review vi mais umas quantas de pessoas que ficaram chocadas com a capacidade que este mist tem de hidratar.


Kinky-Curly Knot Today Leave-in
Quem já não ouviu falar deste leave-in?! Se ainda não ouviste tens andado a dormir 😂.
Se já experimentaste todos os leave-in e nada funciona contigo, então este leave-in vai funcionar de certeza! TODOS gostam deste produto! Dizem que é excelente para desembaraçar e pentear o cabelo 4B/4C.


Obia Naturals Sweet Almond Heavy Cream
Este creme é espesso e é muito adorado por quem tem o cabelo 4C, além disso os ingredientes são fantásticos!
Os seus principais ingredientes são: água, óleo de amêndoas doces, glicerina, óleo de rícino, óleo de aloe vera, vitamina E, extractos de alecrim, etc...


Shea Moisture Jamaican Black Castor Oil Leave-in
Este leave-in já é menos espesso que o resto dos produtos que tenho aqui listados. Há quem diga que mudaram a fórmula, porque antigamente o produto costumava ser bem mais espesso, mas ainda há muitas pessoas com o cabelo 4C que o amam.
Os seus principais ingredientes são: água, manteiga de karité, óleo de coco, panthenol, glicerina, óleo de jojoba, óleo de macadamia, óleo de rícino, queratina, vitamina E, sumo de aloe vera, vinagre de maçã, etc.

Giovanni Smooth As Silk Conditioner
Este produto já foi tão famoso há 6 anos atrás! Era o staple de toda a gente, mas tal como o Elasta Qp, ficou também no esquecimento! Mas a sério, este condicionador é BRUTAL! E tem muito êxito nos cabelos 4C por ser tão, mas tão hidratante!
Além deste condicionador outros produtos muitos bons desta marca é o Giovanni Direct Leave-in e o Giovanni 50:50 Balanced Hydrating Calming Conditioner.


Taliah Waajid Kinky Wavy Herbal Styling & Hair Repair Cream
É um creme muito pouco conhecido, mas é excelente para o 4C! É um creme de crianças, mas claro também pode ser usado em adultos.
É super hidratante e deixa o cabelo muito macio e suave, mesmo naqueles cabelos hiper densos difíceis de hidratar.
Os seus principais ingredientes são: manteiga de karité, água, glicerina, chá verde, óleo de vitamina E, proteína de seda, etc...


Qhemet Biologics Amla & Olive Heavy Cream
Se o teu cabelo ama o óleo de rícino, vai amar de certeza este creme. É um creme espesso composto com os melhores ingredientes naturais que alguma vez já viste. Tem como principais ingredientes: óleo de rícino, azeite de oliva, água, extractos de Amla, extractos de Aloe Vera, glicerina, etc...
Resulta às mil maravilhas no 4C deixando-o muito macio e maleável!


ORS Hair Mayonnaise
Aposto que já não te lembravas desta máscara. It never gets old!
É uma máscara com um preço super acessível e que costuma hidratar muito bem até o cabelo mais difícil de hidratar. Quando não sabes o que usar ou já nada funciona contigo dá uma chance esta máscara ou então à ORS Olive Oil Replenishing que também é super, super boa!!


Eco Styler Olive Oil Gel
O gel milagroso para a definição de caracóis dos cabelos tipo 4 que já todos conhecem!



Produtos Naturais que mais resultam no Cabelo 4C:

  • Sumo ou Gel de Aloe Vera
  • Jamaican Black Castor Oil
  • Óleo de Abacate
  • Óleo de Amêndoas Doces
  • Óleo de Coco
  • Azeite de Oliva
  • Óleo de Jojoba
  • Óleo de Mumpeke
  • Manteiga de Karité
  • Manteiga de Cupuaçu
  • Vinagre de Maçã
  • Argila


terça-feira, 18 de julho de 2017

Melhores Óleos e Ingredientes Naturais para o Cabelo

Quanto mais natural for um produto melhor é para o cabelo, seja o cabelo natural ou desfrisado ou pintado.
Vou deixar-te aqui uma lista dos melhores ingredientes naturais que podes usar no cabelo...

Aloe Vera


Benefícios:
  • Combate a queda de cabelo.
  • Remove as células mortas do couro cabeludo promovendo assim o crescimento do cabelo.
  • Tem um pH entre 4.5 e 5.5 que é muito idêntico ao pH do cabelo e por isso ajuda a fechar as cutículas dos fios.
  • Atrai e sela a hidratação dentro dos fios de cabelo, portanto é tanto um humectante como um selante.
  • Ajuda a sarar e acalmar queimaduras ou irritações no couro cabeludo e na pele (ex.: queimaduras de desfrisantes ou queimaduras solares).
  • Acalma as comichões no couro cabeludo.
  • Reduz a caspa.
  • Pode ser usado como um gel para definir os caracóis e dar brilho.
Usa Aloe Vera se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Tens queda de cabelo?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Tens o cabelo poroso?
  • Tens o couro cabeludo irritado ou com queimaduras?
  • Tens comichões no couro cabeludo?
  • Tens caspa?
  • Queres um refrescante para os caracóis?
Formas de usar a Aloe Vera:
Podes usar a Aloe Vera em gel ou em sumo.
1ª Sugestão: Colocar o sumo de aloe vera num borrifador e usar como leave-in depois de lavar o cabelo ou usar sempre que queres refrescar os caracóis.
2ª Sugestão: Esfregar o gel da aloe vera no couro cabeludo, cobrir o cabelo com uma touca de plástico/alumínio, deixar atuar durante umas horas e a seguir lavar o cabelo normalmente.
3ª Sugestão: Mistura 4-5 colheres de gel da aloe vera, 3 colheres do teu óleo natural preferido com 2 colheres de mel. Deixa atuar durante 30-45min no cabelo coberto com uma touca de plástico/alumínio e a seguir lava normalmente.

Óleo de Vitamina E:

Benefícios: 
  • Trata inflamações e irritações do couro cabeludo (ideal para quem desfrisa ou pinta o cabelo).
  • Ajuda a sarar as feridas.
  • Repara os danos dos folículos pilosos. 
  • Trata o couro cabeludo seco.
  • Melhora a circulação sanguínea estimulando o crescimento do cabelo.
  • Previne o aparecimento dos cabelos brancos.
  • Repara os danos do cabelo causados pelo calor de alisadores e secadores.
  • Dá brilho e fortalece o cabelo.
  • Reduz a caspa.
Usa o Óleo de Vitamina E se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Desfrisas ou pintas o cabelo?
  • Tens o couro cabeludo irritado, inflamado ou com feridas?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Tens caspa?
  • Sofres de queda de cabelo?
  • Usas frequentemente alisadores ou secadores?
  • Queres prevenir o aparecimento de cabelos brancos?
  • Suspeitas que o teu cabelo tem um crescimento lento?
Formas de usar o Óleo de Vitamina E:
A forma mais natural de usar o óleo de vitamina E é através dos alimentos que contêm esta vitamina, alguns como o óleo de germen de trigo, ou o óleo de girassol, ou o óleo de amêndoas doces têm elevadas percentagens de vitamina E.
Outra opção é usares o óleo de vitamina E puro ou em cápsulas que é a versão sintética da vitamina E.
Para receber os melhores benefícios da vitamina E é enquanto o cabelo está molhado: depois de lavares o cabelo com shampoo, massaja o couro cabeludo com óleo de vitamina E e aplica a tua máscara favorita no resto do comprimento do cabelo, cobre o cabelo com uma touca de plástico ou alumínio e deixa atuar durante 1h. Se não te sentires confortável com o couro cabeludo oleoso, faz antes um Prepoo ao invés de pores depois do shampoo.
Atenção: não se deve aplicar muito óleo de vitamina E no couro cabeludo porque pode agir de forma inversa e irritar o couro cabeludo. Por isso até a melhor maneira de aplicá-lo é misturar com outro óleo natural e só depois aplicar no couro cabeludo.
Podes também pôr algumas gotas do óleo de vitamina E na tua máscara ou condicionador para tratar o cabelo frisado ou danificado.

Vinagre de Maçã

Benefícios:
  • Tem um pH entre 4.5 e 5.5 e por isso ajuda a fechar as cutículas.
  • É antifungico e antibacteriano - como tem um pH ácido ajuda a impedir o aparecimento ou crescimento de fungos e bactérias no couro cabeludo.
  • Ajuda a deixar os caracóis mais visíveis, brilhantes e definidos.
  • É um desembaraçante natural - ajuda a pentear melhor.
  • Estimula o crescimento do cabelo e previne a queda por melhorar a circulação sanguínea nos folículos pilosos.
  • Reduz a quebra dos fios de cabelo.
  • Reduz a comichão e caspa no couro cabeludo.
  • Faz com que o cabelo absorva melhor os produtos (cremes, etc.)
Usa Vinagre de Maçã se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Tens o cabelo poroso?
  • Tens caspa ou comichão no couro cabeludo?
  • Tens sempre o cabelo frisado e cheio de nós?
  • O teu cabelo não anda absorver bem os produtos?
  • Tens queda ou quebra de cabelo?
  • Queres ter caracóis mais definidos?
  • Queres prevenir fungos e bactérias no couro cabeludo?
Formas de usar o Vinagre de Maçã:
Podes fazer um enxaguamento com vinagre de maçã depois de lavares o cabelo ou podes também por exemplo misturar 1 colher de vinagre na tua máscara.
Vê aqui como se faz o enxaguamento com vinagre de maçã.

Abacate:

Benefícios:
  • É rico em vitamina B e vitamina E que ajudam a proteger e a fortalecer os fios de cabelo.
  • Repara o couro cabeludo danificado promovendo assim o crescimento do cabelo.
  • Alivia a comichão no couro cabeludo. 
  • Pode ajudar a combater a caspa.
  • Protege o cabelo do sol (tem um SPF entre 4 e 15).
  • Hidrata e combate o frizz.
  • Dá brilho ao cabelo.
  • O óleo de abacate é um dos melhores óleos para o método LOC.
Usa o Abacate se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Desfrisas ou pintas o cabelo?
  • Tens o couro cabeludo danificado e/ou queda de cabelo?
  • Tens caspa?
  • Vais à praia e precisas de um protetor solar para o cabelo?
  • Tens comichão no couro cabeludo?
  • Tens o cabelo baço e frisado?
Formas de usar o Abacate:
Podes usar em si a fruta do abacate para fazer máscaras caseiras (clica aqui para veres algumas sugestões) ou podes usar o óleo de abacate por ser mais prático e assim podes fazer Moisturize & Seal, método LOC, LCO, misturar nas máscaras, nos cremes ou nos condicionadores, etc...

Alho:


Benefícios:

  • Um dos melhores ingredientes naturais para combater a queda de cabelo.
  • Tem propriedades anti-inflamatórias e efeitos anti-microbiais que faz curar infecções no couro cabeludo.
  • É rico em enxofre (sulfur) e selénio que são dois compostos essenciais à estimulação do crescimento do cabelo.
  • Fortifica o cabelo devido aos dois compostos presentes referidos anteriormente.
  • É um bom remédio para a caspa e/ou comichão no couro cabeludo.
  • Purifica os folículos prevenindo o entupimento dos mesmos.
  • É rico em vitamina C que faz aumentar a produção do colagénio o que ajuda no crescimento e na saúde dos fios de cabelo.

Usa o Alho se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Sofres de queda de cabelo (alopecia areata)?
  • Suspeitas ter uma infecção de fungos ou bactérias no couro cabeludo?
  • Queres estimular o crescimento do cabelo?
  • Tens comichões no couro cabeludo?
  • Sofres de caspa?
Formas de usar o Alho:
1ª Sugestão: Corta 6-8 dentes de alho aos pedacinhos, numa garrafa de 100ml (pode ser uma daquelas da Primark) junta tudo lá para dentro, acrescenta cerca de 25ml de JBCO (equivale a um pouco menos de 2 colheres de sopa) e 75ml de azeite extra-virgem. É necessário esperar pelo menos 24h até poderes começar a usar. Opcionalmente podes acrescentar umas gotas de óleo de alecrim que estimula ainda mais o crescimento. (Lê mais aqui)
2ª Sugestão: Junta 2 colheres de mel mais a extração do sumo de 8 dentes de alho. Humidifica o cabelo e aplica a mistura no couro cabeludo e no cabelo, deixa atuar durante 2h e depois lava normalmente.
3ª Sugestão: Faz um sumo de 2 pedaços de gengibre mais 8 dentes de alho. Junta o sumo com o teu óleo natural preferido. Aquece um pouco o óleo e aplica no couro cabeludo, massaja durante 10min, cobre o cabelo com uma touca de plástico e deixa atuar por 30min. Lava o cabelo normalmente.

Óleo de Coco


Benefícios:
  • Previne Hygral Fatigue, ou seja, impede que os fios de cabelo inchem demasiadas vezes quando são molhados por isso é ideal para fazer Prepoo.
  • Atravessa as cutículas dos fios de cabelo ajudando a reduzir a perda de proteínas.
  • Alivia o couro cabeludo seco, a comichão e a caspa.
  • Estimula o crescimento e fortalecimento do cabelo.
  • Dá mais brilho e volume ao cabelo.
  • Previne a quebra dos fios.
  • Protege o cabelo do sol (tem um SPF igual a 8).
  • Ajuda a retirar os nós do cabelo com mais facilidade ajudando assim a pentear.
  • Previne a infestação dos piolhos (lê mais aqui).
  • Pode ajudar a disfarçar e a prevenir os cabelos brancos.
  • Retém a hidratação nos fios de cabelo.
Precauções:
Como o óleo de coco tem uma grande afinidade com as proteínas, quem tem baixa porosidade e o cabelo é sensível a muitas proteínas pode não gostar do óleo de coco e o cabelo começar a ficar seco, áspero e até em casos extremos começar a cair.

Usa o Óleo de Coco se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • O teu cabelo tem falta de proteínas?
  • Tens o cabelo baço e sem brilho?
  • Tens o cabelo quebradiço?
  • Tens piolhos?
  • Vais à praia e precisas de um protetor solar para o cabelo?
  • Tens cabelos brancos?
  • Tens sérias dificuldades em pentear o cabelo?
  • Tens o cabelo fraco e é muito vazio?
Formas de usar o Óleo de Coco:
Podes usar o óleo de coco de diferentes formas: usar o óleo de coco para selar a hidratação dentro dos fios depois de aplicar o creme hidratante; misturar 1 ou 2 colheres de óleo de coco na máscara; fazer umectação com óleo de coco; usar o óleo de coco para fazer Prepoo; etc...

Óleo de Cártamo:


Benefícios:
  • É o óleo mais rico em ceramidas que existe (tem 78% de ceramidas) e por isso é dos melhores óleos para selar as cutículas dos fios de cabelo.
  • Melhora a circulação sanguínea estimulando assim o crescimento do cabelo.
  • Dá brilho e nutre o cabelo.
  • É rico em vitamina E o que pode ajudar a tratar o couro cabeludo danificado.
Usa o Óleo de Cártamo se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Desfrisas ou pintas o cabelo?
  • Tens o cabelo poroso?
  • Tens o couro cabeludo danificado e/ou queda de cabelo?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Tens o cabelo baço e frisado?
Formas de usar o Óleo de Cártamo:
A melhor forma de usar este óleo é para fazer Moisturize & Seal ou o método LOC ou LCO. Outra forma de usar o óleo de cártamo é esfregá-lo no couro cabeludo.

Óleo de Rícino:


Benefícios:
  • Acelera o crescimento do cabelo.
  • Fortalece e dá volume ao cabelo.
  • Protege o couro cabeludo das infecções.
  • Tem ómega-9 que previne que o couro cabeludo fique seco.
  • Nutre o cabelo.
  • É um humectante. 
  • Deixa a cor do cabelo mais viva.
  • Elimina a caspa.
Diferença entre o Óleo de Rícino normal e o Óleo de Rícino Jamaicano (Jamaican Black Castor Oil):
O óleo de rícino jamaicano tem aquela cor escura e aquele cheiro forte devido ao resto do "pó" das sementes que são trituradas para fazer o óleo por este ser feito de forma natural. E acredita-se que esse "pó" que não foi filtrado e ainda permanece no óleo é que ajuda ainda mais a estimular o crescimento do cabelo e a deixar os fios mais grossos, mas não está cientificamente provado, é apenas o que uma grande percentagem das pessoas que já experimentou os dois diz.
Eu pessoalmente gosto mais de usar o Jamaican Black Castor Oil porque acho-o mais "leve" que o Óleo de Rícino normal. O Óleo de Rícino normal tem uma consistência mais viscosa o que dificulta a aplicação no cabelo. Em relação às diferenças no crescimento do cabelo, nunca fui muito consistente a aplicar o óleo de rícino no couro cabeludo por isso não consigo pronunciar se há diferenças ou não.

Usa o Óleo de Rícino se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Sofres de alopecia devido ao uso excessivo de tissagens ou tranças?
  • Tens caspa?
  • Tens o cabelo fino e sem volume?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Tens o cabelo muito seco?
  • Queres prevenir ou tratar o couro cabeludo de infecções?
Formas de usar o Óleo de Rícino:
Podes usar o óleo de rícino de diferentes formas: uma das formas mais populares de usar é massajar o couro cabeludo com o óleo, essencialmente nas partes que sofres de queda de cabelo, 2 a 3 vezes por semana.
Podes também misturar o óleo de rícino na tua máscara ou fazer Moisturize & Seal ou o método LOC ou LCO.

Óleo de Mumpeke

Originário das províncias da Huila e Namibe no sul de Angola.

Benefícios conhecidos:
  • Acelera o crescimento do cabelo.
  • Fortalece o cabelo.
  • Dá brilho, nutre e amacia o cabelo.
Usa o Óleo de Mumpeke se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Sofres de alopecia devido ao uso excessivo de tissagens ou tranças?
  • Tens o cabelo fino e sem volume?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Tens o cabelo muito seco?
Formas de usar o Óleo de Rícino:
Podes usar o óleo de mumpeke para massajar o couro cabeludo com o óleo, essencialmente nas partes que sofres de queda de cabelo, 2 a 3 vezes por semana.
Podes também misturar o óleo de mumpeke na tua máscara ou fazer Moisturize & Seal ou o método LOC ou LCO.

Óleo de Sementes de Uva:


Benefícios:
  • É o 2º óleo mais rico em ceramidas o que ajuda a reter a hidratação dentro dos fios.
  • É rico em antioxidantes que reduzem a queda do cabelo.
  • É hipoalergénico por isso é ideal para quem tem o couro cabeludo sensível.
  • É um óleo leve e praticamente sem cheiro.
  • Amacia e nutre o cabelo sem o deixar gorduroso.
  • Previne a caspa.
  • Trata o couro cabeludo seco.
  • Lê mais aqui.
Usa o Óleo de Sementes de Uva se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Desfrisas ou Pintas o cabelo?
  • Tens dificuldade em reter a hidratação no cabelo?
  • Gostas de usar óleos leves que não pesem o cabelo?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Tens o couro cabeludo sensível?
  • Sofres de queda de cabelo?
Formas de usar o Óleo de Sementes de Uva:
A forma mais habitual de usar o Óleo de Sementes de Uva é para fazer Moisturize & Seal ou o método LOC ou LCO para que o cabelo retenha a hidratação. Mas podes também misturá-lo na máscara ou massajá-lo no couro cabeludo algumas vezes por semana.

Óleo de Amêndoas Doces:


Benefícios:
  • Melhora a circulação sanguínea e reduz a queda de cabelo.
  • Trata o couro cabeludo irritado.
  • Dá brilho, nutre e amacia o cabelo.
  • Protege o cabelo do sol (tem um SPF igual a 5)
  • É um óleo leve que não deixa o cabelo muito gorduroso.
  • Fortalece e previne a quebra dos fios de cabelo.
Usa o Óleo de Amêndoas Doces se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Tens o cabelo seco?
  • Gostas de usar óleos leves que não pesem o cabelo?
  • Tens o couro cabeludo sensível?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Sofres de queda de cabelo?
  • Vais à praia e precisas de um protetor solar para o cabelo?
  • Gostas de um óleo que te deixe o cabelo muito sedoso e macio?
Formas de usar o Óleo de Amêndoas Doces:
Podes usar o óleo de amêndoas doces para fazer Moisturize & Seal ou o método LOC ou LCO para que o cabelo retenha a hidratação. Mas podes também misturá-lo na máscara ou massajá-lo no couro cabeludo algumas vezes por semana, ou ainda para fazer Prepoo.

Óleo de Argan:


Benefícios:
  • Tem antioxidantes que ajudam a estimular o crescimento do cabelo.
  • Ajuda a desembaraçar os nós do cabelo.
  • Elimina a caspa.
  • Trata o couro cabeludo seco.
  • Trata o cabelo frisado.
  • Proporciona elasticidade aos fios de cabelo deixando-os mais fortes evitando que se quebrem.
  • Deixa o cabelo mais brilhante, maleável e macio.
  • Ajuda a definir os caracóis.
  • Absorve facilmente no cabelo.
  • É um óleo leve que não deixa o cabelo muito gorduroso.
Usa o Óleo de Argan se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Tens os fios de cabelo com pouca elasticidade?
  • Tens o cabelo seco e/ou frisado?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Tens caspa?
  • Sofres ao pentear o cabelo porque está sempre cheio de nós?
  • Tens o cabelo danificado devido a químicos dos desfrisantes ou tintas/descolorantes?
  • Gostas de usar óleos leves que não pesem o cabelo?
  • Gostas de um óleo que te deixe o cabelo muito sedoso e macio?
Formas de usar o Óleo de Argan:
Usa o Óleo de Argan para fazer Prepoo: humidifica um pouco o cabelo, aplica-o no couro cabeludo massajando bem e nas pontas do cabelo e cobre o cabelo com uma toalha quente, 1h depois lava o cabelo.
É o óleo ideal para aplicar no cabelo depois de o lavar logo a seguir ao leave-in ou creme hidratante.
Se tens o cabelo tipo 3 podes colocar umas gotas do óleo de argan na tua escova para dar um ar brilhante e sedoso ao cabelo.

Óleo de Jojoba:


Benefícios:
  • É o óleo com a estrutura molecular mais parecida com o óleo natural produzido pelo nosso couro cabelo (sebo) e por isso é facilmente absorvido no couro cabeludo e no cabelo.
  • Ajuda as células capilares a reproduzirem a um ritmo mais acelerado proporcionando um maior crescimento do cabelo.
  • Tem propriedades anti-bacterianas devido à presença de vitamina E.
  • É capaz de hidratar o cabelo sem deixar impurezas.
  • Ajuda a remover contaminantes e outras partículas do cabelo deixando-o mais limpo.
  • Amacia e fortalece o cabelo.
  • Promove a elasticidade dos fios.
  • Faz a cor do cabelo pintado durar mais tempo.
  • Contém igualmente vitamina B que ajuda a reter a hidratação nos fios de cabelo.
  • É um óleo bastante leve e sem cheiro.
  • Combate a caspa.
Usa o Óleo de Jojoba se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • O teu couro cabeludo é seco?
  • O teu couro cabeludo produz sebo em excesso?
  • Tens o couro cabeludo irritado?
  • Queres usar um óleo leve que penetre bem nos fios de cabelo e não os deixe pesados nem gordurosos?
  • Gostas de um óleo que te deixe o cabelo muito sedoso e macio?
  • Queres estimular o crescimento do cabelo?
  • Usas um shampoo que te deixa o cabelo seco e não sabes o que fazer com ele?
  • Queres ter um cabelo mais volumoso?
  • Sofres de caspa?
  • Queres ter uma cor de cabelo mais duradoura?
Formas de usar o Óleo de Jojoba:
Se tens um shampoo que deixa o teu couro cabeludo e cabelo secos, adiciona umas gotas do óleo de jojoba.
Podes também usar o óleo de jojoba para fazer Moisturize & Seal, ou o método LOC ou LCO.
Para estimular o crescimento do cabelo podes massajar o óleo no couro cabeludo e no dia a seguir lavar o cabelo.

Óleo de Tea Tree:

Benefícios:
  • É antifungico e antibacteriano o que o torna um dos melhores óleos para combater os fungos e bactérias instalados no couro cabeludo.
  • Também é um dos melhores óleos no combate à comichão e/ou à caspa.
  • Desentope os poros e melhora a circulação sanguínea e por isso estimula o crescimento do cabelo reduzindo a queda do cabelo.
  • Refresca o couro cabeludo deixando-o limpo.
  • Fortalece o cabelo.
  • Trata o couro cabeludo seco e escamado.
  • Afugenta os piolhos.
  • Controla a produção excessiva do sebo no couro cabeludo.
Usa o Óleo de Tea Tree se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Desconfias estar infectado/a com fungos ou bactérias no couro cabeludo?
  • Sofres de caspa?
  • Sentes muitas comichões no couro cabeludo?
  • Convives num meio onde existem grandes possibilidades de apanhares piolhos?
  • Tens o couro cabeludo seco ou escamado?
  • Queres estimular o crescimento do cabelo?
  • Sofres de queda de cabelo?
  • Tens o couro cabeludo muito oleoso?
Formas de usar o Óleo de Tea Tree:
Como o óleo de Tea Tree é um óleo essencial, deve ser sempre misturado com algum produto ou com algum carrier oil (como o óleo de coco, óleo de amêndoas doces, óleo de jojoba, etc.).
A melhor forma de combater fungos, a comichão ou a caspa é adicionar algumas gotas do óleo de tea tree no shampoo.
Outras formas: podes também fazer um spray do óleo de tea tree pondo água num borrifador e adicionando lá para dentro algumas gotas do óleo de tea tree. Faz um Prepoo com esta mistura borrifando-a no couro cabeludo e no cabelo e cobrindo o cabelo com uma toalha quente. Podes também usar esta mistura para refrescar os caracóis ou coils e assim serve como um repelente para os piolhos.
Outra opção é misturares umas gotas do óleo de tea tree no teu carrier oil preferido e aplicar no couro cabeludo massajando bem.

Gengibre:


Benefícios:
  • Melhora a circulação sanguínea no couro cabeludo estimulando o crescimento do cabelo.
  • Desentope os folículos pilosos.
  • Tem propriedades anti-inflamatórias.
  • Combate a queda de cabelo e o desbaste dos fios de cabelo.
  • Tem propriedades anticéticas que ajudam a eliminar a caspa.
  • Dá brilho, nutre e amacia o cabelo.
  • Previne as pontas espigadas.
Usa o Gengibre se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Sofres de queda de cabelo?
  • Queres estimular o crescimento do cabelo?
  • Queres ter um cabelo mais fortalecido?
  • Tens caspa?
  • Queres ter um cabelo mais macio?
Formas de usar o Gengibre:
Misturar 1-2 colheres do gengibre ralado num copo do teu óleo preferido. Aplica a mistura no couro cabeludo massajando bem e no resto do cabelo. Enrola o cabelo com papel aderente e deixa atuar durante a noite e no dia a seguir lava o cabelo.
Outra sugestão: para uma máscara nutritiva fortalecedora misturar 1 colher do gengibre ralado com 1 colher de mel e 1 ovo. Cobrir o cabelo com papel aderente, deixar por 30min e a seguir lavar o cabelo normalmente.
Outra sugestão: para estimular o crescimento do cabelo, faz um sumo de gengibre e aplica-o no couro cabeludo massajando bem, deixa atuar durante 10-15min e depois lava o cabelo normalmente.

Manteiga de Karité:


Benefícios:
  • Sela as cutículas dos fios.
  • Nutre e amacia o cabelo.
  • É um protetor solar para o cabelo (tem um SPF igual a 6)
  • É antioxidante e anti-inflamatório.
  • Ideal para o couro cabeludo seco e/ou irritado.
  • Reduz a queda de cabelo.
  • Previne a quebra dos fios fortalecendo-os.
Usa a Manteiga de Karité se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Sofres de quebra dos fios de cabelo?
  • Sofres de queda de cabelo?
  • Tens o couro cabeludo irritado ou seco?
  • Vais à praia e precisas de um protetor solar para o cabelo?
  • Queres ter um cabelo mais macio e nutrido?
Formas de usar a Manteiga de Karité:
Podes usar a manteiga de karité para fazer o método LOC ou LCO. Também podes usá-la para esfregar no couro cabeludo ou para misturá-la com as máscaras.
Se não gostas da manteiga de karité por ser espessa, existe o Shea Nut Oil que é basicamente o óleo da manteiga de karité e ajuda muito na aplicação.

Manteiga de Cupuaçu:


Benefícios:

  • É um emoliente ideal para selar as cutículas dos fios de cabelo.
  • Nutre e amacia o cabelo.
  • Contém ácidos gordos que promovem a elasticidade dos fios.
  • Tem uma maior capacidade de reter a hidratação que a manteiga de karité (é 4 vezes mais poderosa que a manteiga de karité).
  • É uma manteiga mais leve que a manteiga de karité.
  • É um protetor solar para o cabelo.

Usa a Manteiga de Cupuaçu se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Sofres de quebra dos fios de cabelo?
  • Tens dificuldade em reter a hidratação dentro dos fios de cabelo?
  • Queres usar uma manteiga no cabelo mas não queres que o cabelo fique com um aspecto pesado e muito gorduroso?
  • Vais à praia e precisas de um protetor solar para o cabelo?
  • Os teus fios de cabelo não têm elasticidade?
Formas de usar a Manteiga de Cupuaçu:
Podes usar a manteiga de cupuaçu para fazer o método LOC ou LCO. Também podes usá-la para esfregar no couro cabeludo ou para misturá-la com as máscaras.

Mel:


Benefícios:

  • É um emoliente e humectante natural que atrai e sela a hidratação nos fios de cabelo.
  • É rico em propriedades antioxidantes que previnem os danos e deixam o cabelo saudável.
  • Previne a quebra dos fios.
  • Amacia e fortifica o cabelo.
  • Tem propriedades anti-bacterianas e anticépticas que previnem o couro cabeludo de infecções e da caspa.
  • Limpa os folículos pilosos deixando-os livres de impurezas.
  • Estimula o crescimento do cabelo.

Usa o Mel se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • O teu cabelo recusa-se a ficar hidratado com qualquer que seja o produto que uses?
  • Tens dificuldades em reter a hidratação nos fios de cabelo?
  • Queres que os fungos e bactérias estejam longe do teu couro cabeludo?
  • Queres estimular o crescimento do cabelo?
  • Os teus fios de cabelo partem-se com facilidade?
  • Queres ter um cabelo mais macio?
Formas de usar o Mel:
Vê aqui algumas receitas caseiras com mel.

Argila:


Benefícios:

  • Limpa o couro cabeludo e o cabelo removendo o excesso de oleosidade sem incomodar os óleos essenciais naturais do cabelo (sebo).
  • Desintoxica o couro cabeludo ajudando a retirar a sujidade, toxinas e outras impurezas.
  • Amacia e hidrata o cabelo.
  • Dá brilho e maciez ao cabelo.
  • Aumenta a definição dos caracóis.
  • Cura problemas no couro cabeludo como o eczema.
  • Melhora a elasticidade dos fios.
  • Ajuda a desembaraçar o cabelo.
  • Reduz o cabelo frisado.
  • Suaviza a caspa.

Formas de usar a Argila:
Vê aqui neste post tudo sobre a argila..

Ovos:


Benefícios:

  • Estimula o crescimento do cabelo.
  • Limpa e purifica o couro cabeludo e o cabelo.
  • Dá volume.
  • Controla o excesso de oleosidade no couro cabeludo.
  • Rico em proteínas que fortificam o cabelo.
  • Alivia a comichão no couro cabeludo.
  • Reduz a queda de cabelo.

Usa Ovos se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Sofres de queda de cabelo?
  • O teu cabelo tem pouco volume?
  • O teu cabelo é fraco?
  • Queres estimular o crescimento do cabelo?
  • Os teus fios de cabelo partem-se com facilidade?
  • Tens comichão no couro cabeludo?
  • Tens o couro cabeludo muito oleoso ou muito seco?
Formas de usar Ovos:
1ª Sugestão: Bate dois ovos e mistura-os com o teu óleo natural preferido. Humidifica o cabelo e aplica esta mistura no couro cabeludo e no cabelo, deixa atuar durante 30-45min e depois lava o cabelo normalmente.
2ª Sugestão: Bate 1 ovo e mistura com 1 colher de vinagre de maçã e 3 colheres do teu óleo natural preferido. Aplica no couro cabeludo e no cabelo e deixa atuar durante 20-30min e a seguir lava o cabelo normalmente.

Amla:


Benefícios:

  • Combate a queda e quebras dos fios de cabelo.
  • Fortifica e dá brilho ao cabelo.
  • A presença de vitamina C pode retardar o aparecimento de cabelos brancos.
  • Trata a caspa.
  • Dá mais volume ao cabelo.
  • Alivia a comichão do cabelo e trata o couro cabeludo seco.
  • Melhora a circulação sanguínea estimulando o crescimento do cabelo.
  • Amacia o cabelo.
  • Ajuda a revitalizar e definir os caracóis.

Usa Amla se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Sofres de queda de cabelo?
  • O teu cabelo é fraco?
  • Queres prevenir o aparecimento dos cabelos brancos?
  • Os teus fios de cabelo partem-se com facilidade?
  • Tens comichão no couro cabeludo?
  • Tens o couro cabeludo muito seco?
  • Tens caspa?
  • Queres caracóis mais definidos?
  • Queres um cabelo mais volumoso?
Formas de usar Amla:
Mistura 1/2 copo de pó de amla e 1/4 de água quente numa tigela. Massaja a mistura no couro cabeludo e aplica também no cabelo seco. Cobre o cabelo com uma touca de plástico e deixa atuar durante 30-45min. Lava o cabelo normalmente.

Henna:


Benefícios:

  • Pinta o cabelo de forma natural.
  • Dá brilho e amacia o cabelo.
  • Fortifica e dá mais volume.
  • Repara os fios danificados.
  • Restaura o pH natural do cabelo.
  • Protege os fios de cabelo.
  • Trata a caspa e outros problemas no couro cabeludo.

Usa Henna se te identificas com alguma destas características abaixo...
  • Queres pintar o cabelo sem usar químicos?
  • Queres tapar os cabelos brancos?
  • Queres ter o cabelo mais brilhante e macio?
  • Tens o cabelo fraco e quebradiço?
  • O teu cabelo está danificado?
  • Tens caspa?
  • Tens o couro cabeludo seco?
  • Queres um cabelo mais volumoso?
Formas de usar Henna:
Vê tudo aqui sobre a Henna.



sexta-feira, 7 de julho de 2017

As maravilhas da Argila no Cabelo e na Pele

Vulgarmente conhecemos a argila como barro para fazer cerâmica, mas a argila é muito mais do que isso, tem imensas propriedades para a pele e para o cabelo, principalmente para o nosso cabelo africano!

  • Tens um cabelo com baixa porosidade?
  • Tens um cabelo tipo 4B ou 4C e nunca vês os seus caracóis (coils) definidos?
  • Tens outro tipo de cabelo encaracolado (3B/3C/4A) mas está sempre seco e frisado e já não forma caracóis como antes?
  • Os teus fios de cabelo estão sem elasticidade?
  • O teu couro cabeludo está com os poros muito entupidos de oleosidade e outra sujidade?
  • Tens caspa?
  • Sofres de eczema?
  • Tens o rosto com poros muito dilatados?
  • Tens dificuldades em controlar a oleosidade da pele do rosto?
  • Tens manchas no rosto?
Se te identificaste com estas questões ou a maioria delas e andavas à procura de uma solução, estás safo(a) porque a argila resolve tudo isto, e resolve mesmo, estou a falar a sério! 

A primeira vez que li sobre os benefícios da argila para a pele e para o cabelo subestimei um bocado o assunto e nem liguei muito... 
Mas olha, choquei-me quando vi os resultados!! É daqueles produtos naturais (neste caso são minerais) que não demoram nada para se começar a ver os efeitos e em alguns casos os resultados são logo instantâneos. 

Benefícios no cabelo:
A argila é um mineral de rochas sedimentares constituída por grãos muito finos de silicatos de alumínio, associados a óxidos que lhes dão diversas tonalidades e propriedades. 
No cabelo a argila age como um shampoo natural que desintoxica e purifica.
Existem vários tipos de argilas: argila bentonita; argila rhassoul (marroquina); argila branca (caulim); argila preta; etc... Mas neste post vou apenas falar da argila bentonita e da argila rhassoul que são as mais conhecidas e usadas no cabelo e na pele.

A argila bentonita é a argila mais conhecida e usada no ramo da medicina tradicional para vários tipos de tratamentos. É constituída por cinzas vulcânicas depositadas na água do mar. É muito fina, macia, não tem cheiro e é composta por vários nutrientes e minerais.
Existem dois tipos de argila bentonita: a de sódio e a de cálcio. Na realidade, a argila bentonita é uma mistura de sódio, cálcio, alumínio, etc. em diferentes percentagens. Precisas de ler o rótulo para veres as percentagens de cada um destes componentes quando fores comprar para veres qual a melhor para ti. A argila bentonita com maiores percentagens de sódio talvez seja a melhor para uso externo (cabelo e pele) por ter uma maior capacidade de atrair as toxinas e impurezas do nosso corpo. Consegues distinguir as duas pela cor, a argila de sódio tem um tom bege clarinho e a argila de cálcio tem um tom verde-acinzentado.

A argila rhassoul (ou ghassoul) é uma argila mineral natural, mas difere-se da argila bentonita por ser colhida das montanhas da cordilheira do Atlas de Marrocos e por ser a única argila composta por 100% de minerais e oligoelementos. É vermelha-acastanhada e tem sido usada pelas mulheres marroquinas no cabelo e na pele desde o século VIII. A palavra rhassoul deriva da palavra árabe "ghassala" que significa "lavar".  

Ambas as argilas quando entram em contacto com a água possuem partículas carregadas negativamente que agem como um íman e por isso atraem as toxinas carregadas positivamente (ex.: bactérias, pesticidas, metais...). Quando entram em contacto com estas toxinas carregadas positivamente, eliminam-as. 

Benefícios da argila bentonita:
  • Limpa o cabelo removendo o excesso de oleosidade sem incomodar os óleos essenciais naturais do cabelo (sebo)
  • Desintoxica o couro cabeludo ajudando a retirar a sujidade, toxinas e outras impurezas
  • Amacia e hidrata o cabelo
  • Dá brilho e maciez ao cabelo
  • Aumenta a definição dos caracóis
  • Cura problemas no couro cabeludo como o eczema.
Benefícios da argila rhassoul:
  • Reduz o ressecamento do cabelo 
  • Deixa o cabelo muito macio
  • Reduz a escamação do couro cabeludo
  • Limpa os poros entupidos do couro cabeludo
  • Melhora a elasticidade dos fios de cabelo
  • Ajuda posteriormente a desembaraçar o cabelo
  • Reduz o cabelo frisado
  • Suaviza problemas no couro cabeludo como a caspa
Qual é a melhor argila para o cabelo?
Não existe uma melhor que a outra, cada uma tem as suas propriedades e benefícios. Deves escolher a que melhor se adapta aos teus objetivos. 
Se precisas de uma argila que seja altamente absorvente para remover impurezas, ou se sofres muito de baixa porosidade ou se desejas aumentar a definição dos caracóis, a mais aconselhável é a argila bentonita (nomeadamente a bentonita de sódio).
Se por outro lado precisas de uma argila super hidratante e que proporcione muita maciez então experimenta a argila rhassoul.
Curiosidade: a argila bentonita tem um pH de 8.3 - 9.1 enquanto que a argila rhassoul tem um pH de 6.9 - 7.5. (Lê mais aqui neste post sobre o pH no cabelo)

Como usar a argila bentonita?
Vais precisar de:
- 100-200gr Argila Bentonita
- 100-200ml de água ou vinagre de maçã ou sumo de aloe vera
- 1 tigela de vidro ou plástico ou de madeira (NÃO pode ser de metal!)
- 1 colher de plástico ou de madeira (NÃO pode ser de metal!)
- Mel (Opcional) 
- Óleos naturais favoritos (ex.: óleo de coco, ou azeite, ou óleo de semente de uva, etc.) (Opcional)
- Óleos essenciais (ex.: alecrim, lavanda, hortelã-pimenta, etc.) (Opcional)

Mistura a argila bentonita com água (ou vinagre de maçã ou sumo de aloe vera) numa tigela de vidro/plástico até que fique numa consistência tipo iogurte. Talvez vás precisar de pôr mais água/vinagre/sumo de aloe vera para ficar nesse tipo de consistência.
Molha um pouco o cabelo e depois aplica esta mistura no couro cabeludo e no cabelo. Para ser mais fácil e certificares que aplicaste mesmo nos fios todos de cabelo vai aplicando por pequenas secções (ex.: 4-6 secções) ao mesmo tempo que vais borrifando com água para humedecer.
Cobre o cabelo com uma touca de plástico e deixa actuar durante 15-30min. 
Enxagua bem o cabelo e aplica um condicionador a seguir se desejares.

Atenção: Aconselho-te a começar com poucas misturas, por exemplo, para a primeira vez faz só a mistura de argila com água ou com vinagre de maçã ou sumo de aloe vera. Das próximas vezes tenta perceber o que o teu cabelo precisa, e aí já fazes misturas com mais ingredientes como, por exemplo o mel, ou óleos naturais ou essenciais. 
O mel ajuda a combater o ressecamento do cabelo, os óleos naturais retêm a hidratação e os óleos essenciais têm várias propriedades curativas. 
É muito importante que não mistures a argila num recipiente de metal! O metal pode contaminar a argila e baixar a sua eficácia!




Como usar a argila rhassoul?
Vais precisar de:
- 100-200gr Argila Rhassoul (ghassoul)
- 100-200ml de água quente/morna ou sumo de aloe vera
- 1 tigela de vidro ou plástico ou de madeira (NÃO pode ser de metal!)
- 1 colher de plástico ou de madeira (NÃO pode ser de metal!)
- 1 ou 2 colheres do teu óleo natural preferido (azeite, ou óleo de coco, ou óleo de amêndoas doces, etc.) (Opcional)
- Mel (Opcional)

Mistura a argila rhassoul com água quente/morna numa tigela de vidro/plástico até que fique numa consistência tipo iogurte. Talvez vás precisar de pôr mais água para ficar nesse tipo de consistência.
Molha um pouco o cabelo e depois aplica esta mistura no couro cabeludo e no cabelo. Para ser mais fácil e certificares que aplicaste mesmo nos fios todos de cabelo vai aplicando por pequenas secções (ex.: 4-6 secções) ao mesmo tempo que vais borrifando com água para humedecer.
Cobre o cabelo com uma touca de plástico e deixa actuar durante 15-30min. 
Enxagua bem o cabelo e aplica um condicionador a seguir se desejares.
Opcionalmente podes adicionar à mistura o mel ou o sumo de aloe vera (neste caso o sumo de aloe vera substitui a água).



Dicas:
A argila tem um pH alcalino e daí ser um desintoxicante e altamente aconselhável para quem tem baixa porosidade. 
Normalmente as pessoas fazem a mistura da argila com vinagre de maçã ou sumo de aloe vera para baixar o seu pH e consequentemente deixar o cabelo mais hidratado e macio! 
Há quem goste da mistura da argila com uma consistência mais líquida porque ajuda a definir melhor os caracóis, faz o cabelo não encolher tanto e também porque torna depois mais fácil de remover a argila do cabelo. Neste caso para ser mais fácil aplicar usa-se uma embalagem de plástico com aplicador ao invés de uma tigela.

A argila pode acabar com a queda de cabelo?
Como a argila remove as toxinas e impurezas do couro cabeludo, além disso ainda elimina o excesso de oleosidade e desentope os poros, por isso sim, pode acabar com alguns tipos de alopecias que existem.
Alguns tipos de queda de cabelo estão associados à demasiada acumulação de oleosidade e sujidade no couro cabeludo.


*********************************************************************************

Benefícios para a Pele:
  • Elimina as toxinas e impurezas 
  • Esfolia as células mortas
  • Limpa e fecha os poros
  • Reconstrói o tecido celular reduzindo as manchas
  • Suaviza, amacia e uniformiza a pele
  • Controla a oleosidade da pele (produção excessiva de sebo)
  • Reduz o acne
Qual o tipo de argila a usar na pele?
A argila rhassoul é o tipo de argila mais gentil para a pele. É ideal para as peles muito sensíveis. Esfolia e desintoxica gentilmente enquanto suaviza a hiperpigmentação e equilibra a oleosidade da pele. Desentope os poros sem irritar a pele.
A argila bentonita tem um poder desintoxicante mais forte e por isso já não é tão ideal para as peles sensíveis. Quando se usa a argila bentonita consegue-se claramente senti-la a puxar as impurezas e a limpar. 
Para que a argila bentonita seja mais suave na pele ela pode ser misturada com glicerina vegetal juntamente com sumo de aloe vera ou vinagre de maçã.

Como usar a argila na pele?
Vais precisar de:
- 1 colher de chá de Argila 
- 1 colher de chá de água ou vinagre de maçã ou sumo de aloe vera
- 1 tigela de vidro ou plástico ou de madeira (NÃO pode ser de metal!)
- 1 colher de plástico ou de madeira (NÃO pode ser de metal!)
- Óleos naturais favoritos (ex.: óleo de coco, ou azeite, ou óleo de semente de uva, etc.) (Opcional)
- Óleos essenciais (ex.: alecrim, lavanda, hortelã-pimenta, etc.) (Opcional)
- Glicerina vegetal (Opcional)

Mistura a argila com água (ou vinagre de maçã ou sumo de aloe vera) numa tigela de vidro/plástico até que fique numa consistência tipo iogurte. Talvez vás precisar de pôr mais água/vinagre/sumo de aloe vera para ficar nesse tipo de consistência.
Opcionalmente podes adicionar 1 ou 2 gotas de óleos essenciais ou meia colher de óleos naturais ao teu gosto ou glicerina vegetal.
Aplica no rosto e deixa actuar entre 10-30min dependendo se a tua pele é sensível ou não. Para peles extremamente sensíveis e se estiveres a usar argila bentonita só te aconselho a ficar 5-10min. 
Lava a cara com água morna e põe o teu creme de rosto.

A minha experiência:
Para a minha pele eu uso a argila bentonita de cálcio da marca Aztec e tem feito maravilhas!! 
A minha pele é muito oleosa na zona T e costumava ter algumas manchas e poros abertos. Desde que tenho usado que a pele tem andado extremamente macia, fechou-me completamente os poros, a sério fiquei chocada! Além disso noto também que as manchas aos poucos e poucos estão a desaparecer.
Os meus poros não eram dos piores de todo, talvez por isso ter tido resultados tão rápidos (2 semanas). Mas notei que a minha pele anda bastante lisa, porque costumo pôr base e as pessoas têm me elogiado e até perguntado se mudei de base, mas a base é a mesma!! Lol Como os poros estão fechados, a base espalha melhor e fica super uniforme. 
E o mais engraçado ainda foi um dia uma amiga minha ter dormido cá em casa e eu estar a preparar-me e ela perguntar-me se não tinha posto base e eu respondi-lhe que tinha posto e ela ficou a olhar muito confusa e disse "ahh, é que está igual". Senti-me lisonjeada porque então quer dizer que a minha pele está em tão bom estado que não se notam diferenças 😃

Como faço? Costumo misturar 1 colher de argila bentonita + 1 colher e meia de vinagre de maçã + 2 gotas de óleo essencial de lavanda. Deixo ficar por 30min e depois lavo a cara com água morna e ponho um creme de rosto a seguir. Quando não estou nos meus momentos de preguiça faço 2 vezes por semana.

Para o cabelo ainda não experimentei a argila porque não quero usar a bentonita já que o meu cabelo é muito poroso! Como não quero e nem tenho caracóis para definir prefiro experimentar a argila rhassoul para desintoxicar e limpar as impurezas no couro cabeludo.

Onde comprar?
Argila Bentonita de cálcio - iHerb.com
Argila Europeia - iHerb.com
Argila Rhassoul - iHerb.com , CirculoBio.ptCeleiroIntegral.pt

(desconto de 5% no iHerb basta usar o cupão - RAQ119)



quinta-feira, 29 de junho de 2017

Queda e Quebra do Cabelo... Como distinguir e tratar?

Já todos nós passamos por algum momento destes, ou de queda ou quebra de cabelo... Mas sabes realmente distinguir os dois?
Habitualmente dizemos "estou com queda de cabelo" sempre que vemos um número incalculável de fios de cabelo na banheira, na bacia, na camisola, ou no chão. Mas será que é mesmo queda ou pode ser também quebra?

Neste post vou ajudar-te a distinguir entre queda e quebra do cabelo e o que deves fazer caso te depares com alguma destas situações.
Um post deste género deveria ter sido logo feito quando criei o Blog...na realidade fiz um, mas só sobre a queda de cabelo e ultimamente tenho reparado que muitas pessoas estão a ter dificuldades em distinguir as duas. E é muito importante saber os diferentes tipos de queda de cabelo e também saber distinguir da quebra porque influencia em MUITO na hora de tratar do cabelo.

Como distinguir entre Queda e Quebra?
A queda de cabelo é quando todo o fio de cabelo sai do couro cabeludo.
A quebra de cabelo é quando o fio de cabelo se parte.
Se olhares para o fio de cabelo que ficou na banheira, na escova, no chão...se esse fio for comprido e tiver uma bolinha branca numa das pontas é porque o fio saiu diretamente do couro cabeludo, então o que ocorreu foi uma queda do cabelo.
Se o fio de cabelo for mais pequeno que o comprimento do teu cabelo ou se vires que não há nenhuma bolinha branca na ponta do fio é porque tiveste uma quebra do fio de cabelo.

Queda de cabelo:
A queda do cabelo, quando não é em excesso, é perfeitamente normal! Um couro cabeludo saudável tem em média cerca de 120.000-150.000 fios de cabelo e cerca de 50 a 100 fios de cabelo caem todos os dias de forma normal. Isto acontece porque cada fio de cabelo tem um ciclo de crescimento e quando esse ciclo chega ao fim o fio simplesmente "morre", ou seja, acaba facilmente por cair.
Dei uma explicação mais ou menos como isto funciona no post: "Que Alimentos fazem o cabelo crescer".

O que maioritariamente influencia a queda de cabelo excessiva é essencialmente o estado do nosso organismo. A queda de cabelo pode estar relacionada com a nossa má alimentação, com desequilíbrios hormonais, com outras doenças ou causas genéticas.
Além disso, a queda de cabelo também pode estar relacionada com problemas no couro cabeludo como: a presença de fungos ou bactérias no couro cabeludo que podem estar a originar a queda ou ainda maus usos ou usos excessivos de produtos com químicos (desfrisantes ou tintas).

Quando não penteias o cabelo durante muito tempo (por exemplo quando usas tranças durante meses), podes depois perceber que quando voltas a pentear ou até mesmo só a passar a mão, uma quantidade excessiva de cabelo sai, mas não precisas de te preocupar. Lembra-te que nós perdemos entre 50 a 100 fios por dia e por isso depois de várias semanas ou meses vamos ter um acumular desses fios que já deveriam ter saído.

O que pode causar a queda de cabelo?
  • Fenómeno natural - A queda de cabelo está relacionada com o fim do ciclo de crescimento do fio de cabelo, e por isso cai naturalmente da raiz o que é perfeitamente normal. Se comparares a tua queda de cabelo de há meses atrás e como é agora, se achares que agora é excessiva então pode estar a acontecer algum dos próximos casos que vou listar a seguir...
  • Desequilíbrios hormonais - A queda de cabelo pode estar relacionada com algum tipo de desregulamento hormonal como por exemplo: baixos níveis de estrogénio (pode ter a ver com a chegada da menopausa, toma de medicamentos, certos períodos do mês, entre outros fatores...), testosterona em excesso, doenças na tiróide (hipotiroidismo ou hipertiroidismo), etc...
  • Stress, ansiedade ou estado emocional em baixo - Este tipo de queda de cabelo é chamada de alopecia areata. Surge de forma imprevisível e costuma ser caracterizada pela perda do cabelo sob a forma de manchas redondas numa ou várias zonas do cabelo. Em certas ocasiões o cabelo volta a crescer algum tempo depois, enquanto em outros casos a doença progride e ocorre uma perda total do cabelo no couro cabeludo e no corpo. Em alguns casos pode dar uma sensação de ardor ou comichão.
  • Fatores genéticos - É designada como alopecia androgenética ou calvície e está associada a fatores genéticos, mas é mais comum nos homens do que nas mulheres. 
  • Alimentação - A má alimentação e a falta de certos nutrientes no nosso organismo pode levar à queda de cabelo. As principais vitaminas que influenciam o estado do cabelo são: proteínas, ferro, biotina, ómega-3, vitamina B6, B12, ácido fólico, vitamina C, beta-caroteno e o zinco. Podes ler mais aqui sobre isto.
  • Medicamentos - A queda de cabelo devido a certos medicamentos ou devido à desregulação hormonal ou à alimentação enquadra-se na alopecia difusa. Este tipo de alopecia é a perda do cabelo de forma progressiva e generalizada, mas que não chega a calvície total. Pode-se observar uma escassez dos fios de cabelo em toda a cabeça, e o cabelo adquire um aspecto fraco e sem vida. 
  • Produtos químicos ou infecções bacterianas ou fungos - Este tipo de alopecia é a cicatricial e é a menos comum. É a calvície que se produz como resultado da má formação, dano ou destruição dos folículos pilosos. São substituídos por um tecido cicatricial permanente onde já não podem nascer pelos novos. Existem dois tipos de alopecia cicatricial: Primária (produz-se por alterações no desenvolvimento do folículo piloso, ou por alterações hereditárias); Secundária (aparece quando o folículo piloso se destrói secundariamente no decorrer de uma infecção, processo tumoral ou em processos físicos como a radioterapia ou queimaduras devido a produtos químicos). Quem sofre deste tipo de alopecia apresenta uma queda progressiva do cabelo sem motivo aparente. Pode notar-se uma vermelhidão, descamação ou sensação de ardor ou dor na zona do couro cabeludo onde se começa a perder o cabelo. 
  • Tranças, tissagens ou outros penteados muito apertados - Este tipo de alopecia chama-se alopecia traumática e submete o cabelo a forças de atrito de forma repetida ou penteados tensos como tranças ou coques, entre outros. Infelizmente, este tipo de alopecia geralmente provoca um dano irreversível, malformação ou ruptura completa da estrutura folicular. Um possível tratamento seria fazer um implante capilar.
  • Pós-parto - A queda do cabelo após a gravidez está geralmente associada a mudanças hormonais que ocorreram durante a gravidez, nomeadamente à elevação dos níveis de progesterona ou devido à carência nutricional ou mesmo pelo stress e ansiedade. Este problema pode ser minimizado com uma alimentação saudável rica em nutrientes como o zinco, ferro, ácido fólico, etc. Algumas mulheres também optam por tomar suplementos vitaminicos próprios que ajudam a diminuir a queda. 
  • Etc... 
Existem vários fatores que podem estar na origem da queda excessiva do cabelo e muitos outros tipos de alopecias. Quis dar-te uma noção e enquadramento geral para o problema, contudo a melhor forma de diagnosticares e tratares problemas de queda de cabelo é com o teu dermatologista. Nada melhor que um conselho de um médico especializado no assunto!

Como tratar?
Existem várias origens para a queda de cabelo e, infelizmente, uns tipos de queda podem ter cura e outras não.
Há alguns tratamentos naturais que ajudam a lutar contra certos tipos de queda de cabelo, mas não todos!
A alopecia difusa, a alopecia pós-parto e a alopecia traumática ainda no inicio são as mais fáceis de tratar e até podem ser bem curadas recorrendo a tratamentos naturais como por exemplo passar o Jamaican Black Castor Oil no couro cabeludo para estimular o crescimento ou então recorrer a algum tratamento com algum destes ingredientes deste post ou usar produtos como shampoos ou máscaras que combatem a queda do cabelo.
A alopecia areata, a alopecia androgenética, a alopecia cicatricial ou alopecia traumática num estado avançado, podem não ter cura. Mas atenção, antes que fiques assustado/a com esta hipótese aconselho-te mesmo a consultar um dermatologista e a expor o problema o mais rapidamente possível.



Quebra do cabelo:
A quebra do fio de cabelo não é algo natural como a queda.
Na maioria dos casos tem a ver com o desequilíbrio dos componentes constituintes de um fio de cabelo que mostram um cabelo seco e baço ou com o excesso de químicos, alisadores ou de outros utensílios que alterem a estrutura do cabelo ou gerem tensão no mesmo.

O que pode causar a quebra do cabelo?

  • Falta de nutrientes no fio de cabelo (hidratação e nutrição) - O cabelo seco tem pouca elasticidade devido à sua falta de hidratação e por isso parte-se com muita facilidade. A água e os óleos naturais são extremamente importantes para o cabelo. Para equilibrar os níveis de hidratação e nutrição deves fazer tratamentos com máscaras hidratantes/nutritivas semanalmente, fazer umectações (Greenhouse effect, Baggy Method...) e/ou a técnica Moisturize & Seal ou L.O.C./L.C.O. para reter a hidratação. 
  • Falta ou Excesso de proteínas no fio de cabelo - A falta ou o excesso de tratamentos de máscaras reconstrutoras ou de outros produtos com proteínas também podem levar à quebra dos fios. Quando o cabelo tem demasiadas proteínas o cabelo perde a elasticidade e consequentemente parte-se, quando tem falta de proteínas fica fraco, sem força e por isso também se parte. É importante que equilibres a hidratação, nutrição e as proteínas para que nenhuma fique em falta ou em excesso. Normalmente, um cabelo natural precisa de menos tratamentos reconstrutores que um cabelo com químicos, e até é bastante fácil ficares com proteínas em excesso neste caso. Atenção aos leave-in's e ao óleo de coco em excesso! O leave-in costuma conter proteínas e o óleo de coco tem componentes que "imitam" as proteínas. O teu cabelo vai dizer-te quando sente falta de algum componente, só tens que prestar atenção e ouvi-lo! Clica aqui para aprenderes a ouvir o que o teu cabelo pede.
  • Produtos químicos (tintas ou desfrisantes) - Os químicos podem deixar os fios de cabelo finos e fracos, deixando-os mais propensos a partirem-se. Daí a importância de, por exemplo, nunca re-desfrisar a parte do cabelo que já tinha sido previamente desfrisada. Lê aqui o que deves fazer antes e depois de desfrisares o cabelo para o proteger.
  • Alisadores e secadores frequentemente - Alisar demasiadas vezes o cabelo com a chapinha ou secar sempre o cabelo num modo muito quente pode levar ao enfraquecimento dos fios e às pontas espigadas. Se atualmente já não usas muito a chapinha, mas no passado costumavas usar com regularidade, podes ainda lidar com a quebra dos fios e a única forma de resolver este problema é cortar as pontas danificadas.
  • Exposição excessiva ao Sol - Os raios UV podem enfraquecer os fios de cabelo também deixando-os mais propensos a partirem-se. Antes de ires à praia ou à piscina deves usar um protetor solar para o cabelo para minimizar os danos. (Vê aqui alguns exemplos.)
  • Demasiada tensão no cabelo - Os apanhados no cabelo quando muito apertados ou escovar/pentear o cabelo com escovas ou pentes inadequadas para o cabelo africano pode gerar mais tensão que o normal e levar o cabelo a partir-se. 
  • Fazer penteados com o cabelo molhado - Quando o cabelo está molhada é quando fica mais sensível e frágil. Se manipulares muito pode ficar mais sujeito a partir-se.
  • Alimentação - A falta de vitaminas no organismo como o ferro, zinco, beta-caroteno, vitamina B12, etc. pode levar o cabelo a ficar seco, fraco e sem vida. Tem muita atenção à alimentação, ela é uma das principais influências no estado do cabelo! (Vê aqui exemplos de bons alimentos com estas vitaminas).
  • Demasiado uso de shampoos com sulfatos - Os sulfatos são um detergente barato usado na maioria dos shampoos que podem ser muito agressivos para os fios de cabelo, deixando-os fracos e frágeis. Utiliza shampoos sem sulfato ou shampoos naturais para minimizar este problema. (Vê aqui exemplos de shampoos sem sulfatos).
  • Dormir com uma almofada de tecido de algodão - As fronhas e lençóis de algodão causam muito atrito nos fios de cabelo e por isso ficam mais fracos e frágeis. O melhor é trocar a fronha ou os lençóis por uns de tecido de cetim que são mais macios e gentis. 

Como tratar?
Se não usas químicos, não usas utensílios com calor nem costumas estar exposto/a ao Sol, talvez o teu cabelo esteja a necessitar de um maior equilíbrio dos níveis de hidratação, nutrição e proteínas.
Lê aqui alguns posts que te podem ajudar neste assunto:

Se por outro lado tens o cabelo danificado devido a produtos químicos que tenhas usado (desfrisantes ou tintas), alisadores, secadores, modeladores ou excessiva exposição ao Sol, deves ler este post:
Se sofres de quebra de cabelo e não te identificas com nenhuma das categorias anteriores, talvez seja porque estás a usar penteados muito apertados, ou tens andado a fazer penteados com o cabelo molhado? Usas pentes de dentes finos ou escovas inadequadas? Tens feito uma boa alimentação? Responder a estas questões pode ajudar-te a resolver este problema.



Mensagens antigas Página inicial